counter free hit unique web

【SALMONELLA】O que é o que é salmonella? TIRA DUVIDAS【AQUI】

 

 

O Que é Salmonella. Ovos e aves podem ser um risco para a saúde!

Listamos abaixo algumas dicas e orientações recomendadas pelo CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças).

A salmonella sintomas é causada por uma pequena bactéria chamada Salmonella Enteritidis, que é muito mais facilmente encontrada em cascas de ovos, mas que também pode estar contaminada em outros alimentos.

A carne, especialmente frango, leite e outros alimentos similares, também podem ser propensos a contaminação bacteriana.

A dificuldade, no entanto, reside no fato de que não há sinais particularmente óbvios a olho nu para identificar a presença desse hóspede indesejado.

O que fazer então? Aqui estão as dicas do CDC:

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

Quer ver depoimentos e dicas sobre Salmonela

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

(VÍDEO)【VERDADE】Remédios Caseiros Para A Salmonela

 

1- Mantenha a comida na geladeira

Primeiro, se forem ovos, mantenha-os na geladeira e cozinhe-os imediatamente, sem deixá-los à temperatura ambiente.

Quanto mais bactérias salmonellas vivem em um alimento, maiores são as chances de contrair a doença.

A temperatura ideal de armazenamento é de cerca de 7° C, uma temperatura na qual os germes não podem proliferar.

Por segurança, você pode limpar a comida com um pouco de vinagre.

Opiniões sobre a eficácia desta técnica são um pouco controversas, mas ruim não pode fazer.

2- Cozinhe a comida muito bem

A bactéria pode ser morta cozinhando. Mas se a comida é cozida por muito pouco tempo ou a temperaturas muito baixas, o surto pode permanecer ativo.

Consuma a comida imediatamente após o cozimento e nunca a deixe em temperatura ambiente por mais de duas horas (Especialmente no caso de cremes de pastelaria em que o ovo não é fervido).

 

Em particular, preste atenção para…

– A temperatura da geladeira: verifique se o refrigerador permanece em temperaturas ideais mesmo nos meses de verão.

– Para ovos sujos ou rachados: em caso de dúvida, jogue-os fora.

– Em suas mãos: logo após o manuseio dos ovos, lave bem as mãos com sabão, água e com detergentes antibacterianos, como os usados ​​contra a gripe A (H1N1).

Repita a mesma operação para os utensílios de cozinha que você usou.

– Ovos crus: evite consumi-los se não tiverem sido cozidos ou pasteurizados.

Certifique-se de que os restaurantes usam apenas ovos pasteurizados, conforme regulamento

As pessoas em maior risco de contrair salmonella

Como sempre, as pessoas mais vulneráveis devem evitar o consumo de ovos crus e usar muito bem os alimentos cozidos, que ​​são:

– Imunodeprimidas

– Idosos

– Crianças.

Quando uma pessoa que está debilitada por salmonella características, entrar em contato pode correr o risco de que a infecção se espalhe.

O intestino estende-se a todo o corpo, causando dor. No pior dos casos, até mesmo a morte, se o paciente não for tratado urgentemente com antibióticos específicos.

Os alimentos mais contaminados por salmonella

Entre os alimentos com maior risco de contaminação, lembramos:

– Todos os derivados do ovo

– Leite cru e em pó

– Carne pouco cozida

– Sorvetes artesanais e comerciais

– Cremes para sobremesas.

Outros perigos de contaminação por salmonella

Não só alimentos, mas também animais e fezes (de seres humanos) podem ser perigosos.

Ensine as crianças a lavarem bem as mãos e prestem atenção quando houver casos de salmonelose em locais de infância como creches e escolas.

Se uma criança contraiu a infecção e vai ao banheiro, se não for devidamente higienizada, isso pode ser um veículo de contaminação.

Cuidado também para quem possui animais como répteis, principalmente tartarugas e iguanas, mas também roedores e gatos.

Salmonella sintomas

Os sintomas mais comuns da contaminação por salmonela são os sintomas clássicos de uma gastroenterite (Seja viral ou bacteriana):

– Cólicas abdominais

– Febre

– Diarreia

– Vômitos

Esses sintomas geralmente ocorrem de 12 a 72 horas após a ingestão de alimentos contaminados.

Na grande maioria dos casos, a doença não dura mais de uma semana, se tratada adequadamente com antibióticos.

A hospitalização é necessária apenas no caso de perda e complicações elevadas de fluidos.

ATUALIZADO: 24.05.18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *